Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Deep Silent Complete

"Escrevo-me. Escrevo o que existo, onde sinto, todos os lugares onde sinto. E o que sinto é o que existo e o que sou. Escrevo-me nas palavras mais ridiculas...e nas palavras mais belas... Transformo-me todo em palavras." - José Luís Peixoto

Deep Silent Complete

"Escrevo-me. Escrevo o que existo, onde sinto, todos os lugares onde sinto. E o que sinto é o que existo e o que sou. Escrevo-me nas palavras mais ridiculas...e nas palavras mais belas... Transformo-me todo em palavras." - José Luís Peixoto

21
Mai07

O fim?

Marco
As palavras estão a calar-se. Estão a fechar-se, secretas, ou a fugir-me cobardes. Sinto-lhes o fim a cada dia que passa, inevitável. Já pouco me dizem, desinteressam-me, de tão vazias, tão distantes. Perderam a chama que lhes ardia na alma, incendiando cada frase, cada parágrafo. Secaram. Morreram. Deixaram de se escrever, tornaram-se pesadas, arrastadas. Forçadas. Transformam-se em ponto final, o último de todos, no fim de todas as histórias.

As palavras são como as forças. Esgotam-se. Sinto-me de partida. Não tenho rumo nem planos. Apetece-me o silêncio. A leveza. A liberdade absoluta de simplesmente existir. As memórias continuarão a sê-lo, embora comigo, só comigo. O mundo continuará a girar e eu fascinado a observá-lo na primeira fila. Quero bebê-lo, vivê-lo. Quem sabe depois escrevê-lo. Quem sabe... Por agora, as palavras estão a calar-se. Pouco mais me resta para contar.

Não sei se me estou a despedir, não sei nada. As dúvidas consomem-me, assim como esta incerteza que parece ter tomado definitivamente conta de mim. Resta-me olhar para trás e ver o muito que disse, que escrevi. Muitas vezes nem me reconheço, questiono-me como foi possível aquele texto, como?... Talvez amanhã quando aqui chegar me apeteça escrever, escrever , escrever e me pergunte o porquê de ter feito este texto. Talvez...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2009
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2008
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2007
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2006
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D