Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Deep Silent Complete

"Escrevo-me. Escrevo o que existo, onde sinto, todos os lugares onde sinto. E o que sinto é o que existo e o que sou. Escrevo-me nas palavras mais ridiculas...e nas palavras mais belas... Transformo-me todo em palavras." - José Luís Peixoto

Deep Silent Complete

"Escrevo-me. Escrevo o que existo, onde sinto, todos os lugares onde sinto. E o que sinto é o que existo e o que sou. Escrevo-me nas palavras mais ridiculas...e nas palavras mais belas... Transformo-me todo em palavras." - José Luís Peixoto

05
Fev07

Trinta anos depois...

Marco
Sou o que resta de mim. Um pedaço de história, de memória. Sou o resultado de todos estes dias em que vivi. A soma das partes. O resultado final. Aqui agora. Diferente amanhã. Mas agora e agora, eu. Trinta anos depois. Depois de nascer, de crescer, de experimentar viver. Ganhar, perder. Sonhar, acordar. Apostar, fracassar. Querer, não ter. Ser. Existem fragmentos de mim espalhados por aí, entregues a pessoas, gravados em sítios ou perdidos a um canto.

O mundo desgasta-me. Leva-me aos poucos assim como o mar faz com as rochas. Rouba-lhes fragmentos. Molda-lhes a forma. Como uma escultura. Uma escultura de mim mesmo, feita por mim e por todos. Uma peça sempre inacabada até que para sempre acabada. Sempre a meio de um caminho feito do que fui e do que quero ser. Do que tive e do que quero ter. Do que vivi e do que quero viver. Sempre a meio de tudo entre o ontem e o amanhã.

Olho-me no espelho e vejo-me reflectido. Aparentemente sempre igual e no entanto tão diferente de todas as fotografias que me suspenderam no tempo. Em ínfimos instantes de tempo tornados eternos. Olho-me e consigo ver a meu lado, todas as pessoas que sei que estão comigo. Também elas reflectidas já não no espelho, mas em todos os meus gestos. Reflectidas na minha essência como pessoa. É nelas que penso neste momento.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2009
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2008
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2007
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2006
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D