Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Deep Silent Complete

"Escrevo-me. Escrevo o que existo, onde sinto, todos os lugares onde sinto. E o que sinto é o que existo e o que sou. Escrevo-me nas palavras mais ridiculas...e nas palavras mais belas... Transformo-me todo em palavras." - José Luís Peixoto

Deep Silent Complete

"Escrevo-me. Escrevo o que existo, onde sinto, todos os lugares onde sinto. E o que sinto é o que existo e o que sou. Escrevo-me nas palavras mais ridiculas...e nas palavras mais belas... Transformo-me todo em palavras." - José Luís Peixoto

17
Out06

Todas as palavras são poucas.

Marco
Faltam-me as palavras. Nenhum texto deveria começar assim, mas sou honesto, faltam-me as palavras. Eu sei o que quero escrever, até tinha uma ideia de como fazê-lo, mas de repente, nada. Irónico. Tenho um milhão de coisas para dizer, julgo até que poderia escrever um livro, ou vários, podia escrever tudo o que pode ser escrito e descrito, podia tudo e no entanto, não posso nada. Faltam-me as palavras.

Injusto. Provavelmente sim, estarei a ser injusto para com as palavras propriamente ditas ou neste caso escritas. Mas a verdade é que hoje, neste momento, olho-as, penso-as, lembro-as e todas elas me parecem escassas, insuficientes, vazias. Dizem apenas o que têm a dizer e eu tenho tanto mais para transmitir. Precisava de mais. Estou encurralado nesta jaula que sou eu próprio.

Hoje, depois de mais hoje que ainda por cima foi depois de ontem e que por sua vez foi depois de antes de ontem, estou sem palavras. Queria conseguir dizer, ou melhor dizer-te tudo o que me vai na alma, mas as palavras não chegam. São pequenas, são poucas, são só palavras e só isso não chega. Resta-me o consolo de saber que fazes uma ideia de tudo o que te queria dizer, e que hoje, depois de mais hoje, manifestamente não consigo. Faltam-me as palavras.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2009
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2008
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2007
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2006
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D