Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Deep Silent Complete

"Escrevo-me. Escrevo o que existo, onde sinto, todos os lugares onde sinto. E o que sinto é o que existo e o que sou. Escrevo-me nas palavras mais ridiculas...e nas palavras mais belas... Transformo-me todo em palavras." - José Luís Peixoto

Deep Silent Complete

"Escrevo-me. Escrevo o que existo, onde sinto, todos os lugares onde sinto. E o que sinto é o que existo e o que sou. Escrevo-me nas palavras mais ridiculas...e nas palavras mais belas... Transformo-me todo em palavras." - José Luís Peixoto

17
Out06

Todas as palavras são poucas.

Marco
Faltam-me as palavras. Nenhum texto deveria começar assim, mas sou honesto, faltam-me as palavras. Eu sei o que quero escrever, até tinha uma ideia de como fazê-lo, mas de repente, nada. Irónico. Tenho um milhão de coisas para dizer, julgo até que poderia escrever um livro, ou vários, podia escrever tudo o que pode ser escrito e descrito, podia tudo e no entanto, não posso nada. Faltam-me as palavras.

Injusto. Provavelmente sim, estarei a ser injusto para com as palavras propriamente ditas ou neste caso escritas. Mas a verdade é que hoje, neste momento, olho-as, penso-as, lembro-as e todas elas me parecem escassas, insuficientes, vazias. Dizem apenas o que têm a dizer e eu tenho tanto mais para transmitir. Precisava de mais. Estou encurralado nesta jaula que sou eu próprio.

Hoje, depois de mais hoje que ainda por cima foi depois de ontem e que por sua vez foi depois de antes de ontem, estou sem palavras. Queria conseguir dizer, ou melhor dizer-te tudo o que me vai na alma, mas as palavras não chegam. São pequenas, são poucas, são só palavras e só isso não chega. Resta-me o consolo de saber que fazes uma ideia de tudo o que te queria dizer, e que hoje, depois de mais hoje, manifestamente não consigo. Faltam-me as palavras.

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2009
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2008
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2007
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2006
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D