Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Deep Silent Complete

"Escrevo-me. Escrevo o que existo, onde sinto, todos os lugares onde sinto. E o que sinto é o que existo e o que sou. Escrevo-me nas palavras mais ridiculas...e nas palavras mais belas... Transformo-me todo em palavras." - José Luís Peixoto

Deep Silent Complete

"Escrevo-me. Escrevo o que existo, onde sinto, todos os lugares onde sinto. E o que sinto é o que existo e o que sou. Escrevo-me nas palavras mais ridiculas...e nas palavras mais belas... Transformo-me todo em palavras." - José Luís Peixoto

28
Set06

Um à parte, aqui que ninguém nos ouve.

Marco
É provavelmente uma teoria meio bacoca. Admito que sim. Mas várias vezes dou comigo a pensar que a distancia nos ajuda a ver melhor. Logicamente que não me estou a referir a nenhum teste oftalmológico, onde certamente fica mais difícil ver à medida que nos afastamos da letras que de depois, letrinhas e depois letrinhazinhas até que pontinhos indefinidos e finalmente, nada. O branco. As lentes. Assim está melhor? E assim? Vê melhor?

Na verdade, vejo melhor ao longe. Nem preciso de lentes nem de médico nenhum para saber que isto que digo é um facto. Quando muito em cima ou mesmo dentro de uma situação, está-se demasiado perto para ver com lucidez. É impossível já que se é parte da coisa, logo fica impossível observá-la, assimilá-la, contemplá-la. Discerni-la. E assim, toda a visão fica demasiado parcial para poder ser digna do seu próprio nome. Visão.

É aqui que entra a tal teoria bacoca que defendo. Chamo-lhe pomposamente a Teoria da Máquina de Lavar Roupa. Sim a minha profissão é a criatividade mas garanto, não enlouqueci. Passo a explicar. Quando se está dentro dela, da máquina, por mais voltas que se dê, está-se lá dentro e é para isso que vivemos. É tudo o que vemos. Somos parte do problema. Uma vez cá fora, ao longe fica mais fácil observá-la. À distancia, os contornos definem-se. As conclusões chegam. As certezas formam-se. Hoje, ao longe, tenho a certeza disto que digo.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2009
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2008
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2007
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2006
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D