Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Deep Silent Complete

"Escrevo-me. Escrevo o que existo, onde sinto, todos os lugares onde sinto. E o que sinto é o que existo e o que sou. Escrevo-me nas palavras mais ridiculas...e nas palavras mais belas... Transformo-me todo em palavras." - José Luís Peixoto

Deep Silent Complete

"Escrevo-me. Escrevo o que existo, onde sinto, todos os lugares onde sinto. E o que sinto é o que existo e o que sou. Escrevo-me nas palavras mais ridiculas...e nas palavras mais belas... Transformo-me todo em palavras." - José Luís Peixoto

18
Set06

Eu e a vida.

Marco
Foi precisamente há um ano. Nem mais, nem menos. Um ano exacto neste dia, nestas vinte e quatro horas. Estas vinte e quatro horas há precisamente um ano. Vinte e quatro horas que nasceram como as outras, cheias de sono, cheias de manhã, cheias de brisa fresca, cheias de domingo. Cheias de rotina. Da suposta rotina que nesse dia deixaria de ser. Para sempre.

Foi precisamente há um ano que julguei não ser possível acontecer tal coisa. O mundo inteiro a desabar nos meus ombros, sem avisar. Assim de repente. De um momento para o outro. O peso de toda a dor existente ao cima desta terra. A queda num abismo escuro, sem fim à vista, infinito. O fim da eternidade jurada.  O sofrimento tornado pessoa, tornado eu. Todo o sofrimento.

Foi precisamente há um ano que, sem saber, renasci. Que acordei para a vida e lhe disse, agora, somos nós. Só nós. Eu e tu. Mais ninguém. Vais ser minha. Vou fazer de ti o que quiser. E contigo, vou vencer. Contigo vou percorrer os caminhos que quiser, quando quiser, como quiser. Não vou olhar para o lado, muito menos para trás. Contigo, vou em frente, vou lutar, vou ser feliz. Definitivamente, feliz.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2009
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2008
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2007
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2006
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D