Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Deep Silent Complete

"Escrevo-me. Escrevo o que existo, onde sinto, todos os lugares onde sinto. E o que sinto é o que existo e o que sou. Escrevo-me nas palavras mais ridiculas...e nas palavras mais belas... Transformo-me todo em palavras." - José Luís Peixoto

Deep Silent Complete

"Escrevo-me. Escrevo o que existo, onde sinto, todos os lugares onde sinto. E o que sinto é o que existo e o que sou. Escrevo-me nas palavras mais ridiculas...e nas palavras mais belas... Transformo-me todo em palavras." - José Luís Peixoto

08
Jun07

Ao sabor das ondas.

Marco
Quando ontem dei a primeira remada forte e voltei a sentir de novo o felling de descer uma onda, tive outra vez 16 anos e a certeza que à noite me iria encontrar com o resto do pessoal no Bar da Física. Ao chegar, perceber se os lugares nas janelas estão vagos, já que é ali que a malta mais fixe se senta. À esquerda a máquina de Pinball Action estará ocupada por um dos meus amigos que tentam a todo o custo sacar-lhe créditos.

A meio da noite sei que irei com alguns para a Praia do Pisão e também sei que um deles levará uma garrafa de Koriak, conhecido como o pior vodka de Sacavém de todo o sempre. Depois a loucura e o Living onde também sei que o momento alto será a sequência Smells Like Teen Spirit dos Nirvana, Enter Sandman dos Metallica e Symphony of Destruction dos Megadeth. Depois e por fim, ir a pé para o Parque e tentar entrar decentemente em casa.

Ontem quando voltei a entrar mar a dentro, senti que a vida se constrói em círculos redondos e senti também que mais tarde ou mais cedo, voltamos a pisar o chão que já foi o nosso. É verdade que os tempos são outros, que me fartei de levar pancada e que em vez de um dia inteiro aguentei uma hora no máximo. É verdade. Mas o espírito não mudou e por isso, tive a sensação que em cada remada, em cada onda que descer, vou ser o Marco dos 16 anos com um mundo inteiro pela frente.

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2009
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2008
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2007
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2006
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D