Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Deep Silent Complete

"Escrevo-me. Escrevo o que existo, onde sinto, todos os lugares onde sinto. E o que sinto é o que existo e o que sou. Escrevo-me nas palavras mais ridiculas...e nas palavras mais belas... Transformo-me todo em palavras." - José Luís Peixoto

Deep Silent Complete

"Escrevo-me. Escrevo o que existo, onde sinto, todos os lugares onde sinto. E o que sinto é o que existo e o que sou. Escrevo-me nas palavras mais ridiculas...e nas palavras mais belas... Transformo-me todo em palavras." - José Luís Peixoto

28
Fev07

O pequeno aprendiz...

Marco
O pequeno aprendiz treinava-se todos os dias com o mesmo afinco. Queria conhecer os segredos da transcendência, aquilo que está para além do olhar e do próprio corpo. Recusava-se a acreditar em limites impostos e por isso, fazia tudo o que podia para vencer os seus. O velho mestre, observava-o. Em silêncio. Gostava daquele inconformismo e ao mesmo tempo reconhecia-lhe um potencial que não querida deixar de explorar. Por isso, exigia-lhe mais. Sempre mais.

Num desses treinos em que o aprendiz nada parecia evoluir, perguntou ao seu mestre, o que é a transcendência, quando é que lá vou chegar? Tinha pressa, queria resultados para todo o esforço de todos os dias. O seu mestre fingiu ignorar a pergunta, optando por corrigi-lo aqui e ali. O que é a transcendência, quando é que lá vou chegar? Repetiu o aprendiz cada vez mais impaciente. O seu mestre nada, como um intransponível muro de silencio.

Os anos passaram, o aprendiz cresceu e com isso, foi-se habituando à ideia de que a vida nem sempre se cinge só ao caminho para a transcendência. Que aquilo que está para além do olhar e do próprio corpo nem sempre é o mais importante. Habituou-se a aceitar-se como o resultado lógico de todas as suas opções e a preocupar-se mais com a sabedoria de bem escolher. No dia em que conseguiu viver em paz com tudo isso, o seu mestre chamou-o e disse-lhe: a sabedora, é a maior de todas as transcendências. E tu, chegaste lá.

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2009
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2008
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2007
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2006
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D